MAOS QUE CUIDAM - ALMS

Bolsonaro diz que governo russo autorizou soltura do brasileiro Robson Oliveira

Por Informe News em 02/05/2021 às 13:08:50

Robson foi preso em 2019 após entrar na Rússia com duas caixas de remédios para a família do jogador de futebol Fernando, do Beijing Guoan (veja mais abaixo). Em outubro de 2020, Bolsonaro disse que enviaria uma carta ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, para pedir a soltura do brasileiro. O caso foi levado à presidência da República pelo jogador Felipe Melo, do Palmeiras.

Bolsonaro anuncia soltura de brasileiro condenado na Rússia

“Depois de uma longa negociação com o governo russo, foi anunciado no dia de hoje a liberdade do Robson, que trabalhava com Fernando no Spartak de Moscou. Eu quero agradecer o governo russo por tê-lo liberado”, afirmou o presidente no vídeo publicado em suas redes sociais.

O G1 entrou contato com a Embaixada da Rússia, mas ainda não obteve retorno até a publicação desta reportagem. De acordo com Bolsonaro, Robson retornará ao Brasil nesta quinta-feira (6).

“Foram dois anos que o Robson passou detido na Rússia e hoje em dia nós agradecemos ao presidente Vladimir Putin, ao embaixador russo no Brasil, bem como ao nosso embaixador que está na Rússia. É um dia então de alegria, de felicidade e, se Deus quiser, na próxima quinta-feira (6) nós receberemos o Robson no Brasil”, disse o presidente.

Em vídeo, Bolsonaro aparece ao lado do senador Flávio Bolsonaro, do deputado federal Hélio Lopes e do ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França.

Reprodução/Redes Sociais

No vídeo, Bolsonaro aparece ao lado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), do deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ) e do ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França.

A gravação também mostra uma conversa entre Bolsonaro e Robson, em que o motorista diz que “a vontade de voltar [ao Brasil] é muito grande”.

O presidente afirma que o governo russo cumpriu a lei e que a negociação foi “bastante tensa”. “A legislação te daria uma pena muito grande”, diz.

“Estamos torcendo e fazendo o possível para o mais breve possível voltar para cá e voltar à vida normal. Se possível gostaria de encontrar contigo”, afirma Bolsonaro.

O presidente disse ainda que tem "um bom relacionamento com o presidente Putin" e desde o começo sentiu que "ele faria todo possível pela liberdade e pelo retorno do Robson ao Brasil".

“Nós procuramos da melhor maneira possível buscar uma solução para o caso e eu tenho um bom relacionamento com o presidente Putin e, desde o começo, ali nós sentimos que ele faria todo possível pela liberdade e pelo retorno do Robson ao Brasil”, afirmou.

Caso Robson

Robson Oliveira e a esposa, Simone, trabalhavam para a família do jogador Fernando quando ele atuava no time Spartak, de Moscou. Atualmente, o jogador está no Beijing Guoan, da China.

Em uma das viagens para a Rússia, o motorista levou para a família de Fernando duas caixas de cloridrato de metadona – um medicamento legalizado no Brasil, mas proibido em território russo.

O caso foi revelado pelo "Esporte Espetacular" ainda em 2019. Na época, Robson Oliveira disse que não sabia o que havia na mala, e que a família havia indicado a existência apenas de roupas e mantimentos na bagagem.

O brasileiro acabou detido no aeroporto em Moscou, e foi preso trinta dias depois, acusado de ser dono do medicamento. Nem Fernando, nem a esposa do jogador, Rafaela Rivoredo, nem o pai de Rafaela, William Pereira de Faria, confirmaram para as autoridades russas que o medicamento era de William.

O sogro de Fernando, William Faria – a quem seria destinado o medicamento – não prestou qualquer esclarecimento para a polícia russa.

No dia 6 de junho de 2019, três meses após a prisão de Robson, Fernando disse em depoimento não saber de que modo os remédios foram recebidos por Robson no Brasil, nem a forma de entrega (na mala ou em caixas de remédios não empacotadas) e acrescentou que não mantinha contato com o sogro.

Fernando e a esposa se mudaram para a China ainda em 2019, após o jogador ter acertado uma transferência do Spartak para o Beijing Guoan. Os pais de Rafaela deixaram a Rússia uma semana após a prisão de Robson.

VÍDEOS: notícias sobre política

Fonte: G1

Comunicar erro
DENGUE - TOPO

ComentĂĄrios