FUTURO PROTEGIDO - ALMS

MS vive momento crítico da pandemia e soma quase 10 mil casos sem encerramento

Por Dourados News - Jessica Beatriz em 18/03/2021 às 14:31:49
Crédito: Saul Schramm/Portal MS

Crédito: Saul Schramm/Portal MS

. Mato Grosso do Sul passa por uma fase crítica na pandemia do novo coronavírus, com alta nas hospitalizações, acúmulo de casos sem encerramento, aumento de novos casos da doença e expressivo número de óbitos. Ao todo, 3.740 vidas foram encerradas pela Covid-19 em MS.

Dados divulgados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), na manhã desta quinta-feira (18), mostram que mais 31 pessoas morreram. As vítimas, com idades entre 34 e 95 anos, são de Campo Grande (8), Dourados (5), Três Lagoas (3) e Naviraí (2).

Também somaram um óbito cada, Sidrolândia, Terenos, São Gabriel do Oeste, Ponta Porã, Bonito, Coronel Sapucaia, Inocência, Bandeirantes, Anastácio, Rio Brilhante, Brasilândia, Caarapó e Amambai. A taxa de letalidade no Estado está em 1,9%.

Ainda nas últimas 24h, foram confirmados mais 1.254 casos de coronavírus, totalizando 198.795, desses, 182.481 são considerados recuperados e 11.618 estão em isolamento domiciliar. Outros 956 estão internados, sendo 523 em leitos clínicos e 433 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Dos hospitalizados, 678 estão em leitos públicos e 278 em unidades privadas. Com a alta nas internações, a macrorregião de Campo Grande foi a mais atingida com ocupação de leitos de UTI/SUS e figura com 107%, seguida por Corumbá (100%), Dourados (98%) e Três Lagoas (93%).

Desde o início da pandemia, o Estado registrou 636.197 notificações, 427.640 foram descartados e 1.692 amostras estão em análise no Lacen (Laboratório Central). Outros 8.070 casos estão sem encerramento pelos municípios.

Comunicar erro
DENGUE - TOPO

Comentários

Teste 728x90