ALMS - Respeito a vida

Rogério Ceni se conforma: "dificilmente algum time competirá de igual para igual com o Flamengo"

Por Informe News em 09/07/2020 às 06:40:37

Em entrevista exclusiva ao narrador Nilson Cesar, do Grupo Jovem Pan, o treinador do Fortaleza, Rogério Ceni, abriu o jogo e disse que "dificilmente algum time competirá de igual para igual com o Flamengo" na próxima edição do Campeonato Brasileiro. O ex-goleiro citou o poderio financeiro do clube rubro-negro, a manutenção do elenco campeão nacional e continental em 2019 e o trabalho do técnico português Jorge Jesus como os diferenciais da equipe para a competição que começará daqui a exatamente um mês, em 8 de agosto. "Rapaz? Não está fácil, porque são jogadores muito bons, acima da média. Há, logicamente, um custo altíssimo para manter esses atletas, mas, se o clube tem arrecadação, como o Flamengo tem? Não é fácil, é um time entrosado, que vem jogando junto há um ano, com o mesmo treinador. Não vai ser fácil, ao longo de 38 rodadas, em um campeonato de pontos corridos. Dificilmente vai haver uma equipe para competir de igual para igual com o Flamengo. A expectativa é que o Atlético-MG, pelo nível e número de contratações que fez, possa ser mais um concorrente", opinou.

Rogério Ceni, que, no ano passado, comandou o Fortaleza rumo à nona colocação do Brasileirão, também revelou como anda o trabalho de preparação para o campeonato em meio à pandemia do novo coronavírus. O treinador admitiu ser "complicado" manter os jogadores focados durante o período sem competições. "Nós estamos trabalhando há cinco semanas, desde quando fomos liberados. Por enquanto, o controle tem se mostrado eficaz, porque não tivemos nenhum caso de Covid-19 entre os atletas após a reapresentação. Então, estamos trabalhando firmes, mas é difícil? É preciso ter muito cuidado, porque sempre aparece uma lesãozinha muscular ou outra, e o mais complicado é manter o nível de concentração do atleta sem competição. Nós vamos chegar, daqui a pouco, a seis semanas de treinamento, e temos um elenco bem enxuto. Vamos tentando manter todos concentrados, esse é o maior desafio", afirmou.

Confira, abaixo, a íntegra da entrevista exclusiva de Rogério Ceni a Nilson Cesar:

Fonte: JP

DENGUE - TOPO

Comentários