ALMS - Respeito a vida

Após vespas "assassinas", EUA agora se preocupa com mariposas ciganas

Por Christina Maxouris, da CNN em 08/05/2020 às 09:24:13

Foto: Shutterstock

. Adicione mais um inseto gigante à lista de coisas com as quais o estado norte-americano de Washington precisa lidar neste momento.

No começo desta semana, cientistas disseram que identificaram vespas asiáticas gigantes na região e que ainda não se sabe como elas chegaram lá. Agora, há outra ameaça: a mariposa cigana não nativa.

O novo surto levou o governador Jay Inslee a emitir uma declaração de emergência, afirmando que havia um "perigo iminente de infestação" de pragas nas plantas em partes do condado de Snohomish.

"Esse perigo iminente de infestação coloca seriamente em risco as indústrias agrícola e de hortifruti do estado de Washington, e ameaça o bem-estar da economia e a qualidade de vida dos moradores", segundo a declaração.

A ameaça é representada tanto pelas mariposas ciganas asiáticas quanto pelas híbridas asiáticas-europeias.

Uma agência do governo informou que as pragas podem causar um dano ainda maior. "As grandes infestações (das mariposas ciganas asiáticas) podem desfolhar árvores por completo", segundo o Serviço de Inspeção Sanitária de Plantas e Animais do Departamento de Agricultura dos EUA.

"Esse desfolhamento pode enfraquecer severamente árvores e arbustos, tornando-os mais suscetíveis a doenças. Desfolhamento repetido pode levar à morte de grandes áreas de florestas, pomares e paisagens."

As fêmeas da espécie podem botar centenas de ovos, afirmou a agência, que se tornam lagartas e destroem mais de 500 tipos de árvores e arbustos. Além disso, as mariposas podem voar longas distâncias, e é possível que elas possam se espalhar rapidamente pelo país.

DENGUE - TOPO

Comentários