Prefeitura corrige resposta e afirma que vai criar Coordenadoria de Igualdade Racial

"Que bom que a prefeitura entendeu a necessidade imediata dessa entidade", afirma Elias Ishy

Foto: Valdenir Rodrigues/CMD

Foto: Valdenir Rodrigues/CMD

A Prefeitura de Dourados corrigiu a resposta referente ao pedido do vereador Elias Ishy (PT) para que seja constituída a Coordenadoria de Promo√ß√£o da Igualdade Racial no município, se desculpando pelo erro e afirmando que est√° sendo elaborado um ato normativo que estabelecer√° a cria√ß√£o. Segundo eles, houve um erro editorial na elabora√ß√£o do documento. "Que bom que a prefeitura entendeu a necessidade imediata dessa entidade", afirma.

Ishy j√° tinha feito uma indica√ß√£o em 2021 e a reapresentou neste ano, baseado no pedido conforme ata do Comafro (Conselho Municipal de Defesa e Desenvolvimento dos Direitos dos Afro-Brasileiros), publicada no Di√°rio Oficial de 19 de outubro de 2021. Em carta aberta, anteriormente, o Conselho expôs um diagnóstico dos atendimentos da Assist√™ncia no município por meio do CadÚnico, além de realizar um histórico das políticas públicas nas últimas décadas. Segundo o documento, h√° uma insufici√™ncia de iniciativas por parte do Poder Público para atender "as necessidades urgentes da popula√ß√£o negra/pobre douradense".

De acordo com o Comafro, a Federa√ß√£o, os Estados e municípios s√£o respons√°veis por apresentar medidas que permitam pensar e construir políticas públicas e, atualmente, Dourados se encontra em discord√Ęncia do que se comprometeu. Ishy lembra que essa j√° foi uma realidade em nossa cidade. O trabalho come√ßou no início da segunda gest√£o do prefeito Laerte Tetila, realizado por um núcleo de consci√™ncia negra, que foi, ent√£o, transformado em coordenadoria em 2007, porém, ainda se encontra inativa.

Em resposta a indica√ß√£o do vereador, anteriormente, a prefeitura entendeu que seria a "Coordenadoria Social", afirmando que o município aderiu ao programa Redecoor, que tem como objetivo pensar e executar políticas públicas para garantir o desenvolvimento de mulheres, jovens, indígenas, imigrantes, LGBTQIA+, entre outros grupos, incluindo a popula√ß√£o negra douradense, orientando ao Comafro acionar diretamente a Redecoor, erroneamente.

Diante das considera√ß√Ķes apresentadas pelo Conselho, Ishy acredita que é urgente a necessidade da Coordenadoria a fim de combater a desigualdade racial, fazer o enfrentamento ao racismo, nos níveis individual, cultural, estrutural e institucional, prevenindo e debatendo políticas públicas. Assim como da import√Ęncia e da exist√™ncia, por exemplo, da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher, da Ceaid (Coordenadoria Especial de Assuntos Indígenas), o vereador entende que a Coordenadoria de Promo√ß√£o da Igualdade Racial deveria mesmo ser reativada.