Anuncie Aqui - TOPO

Com impasse interno, nome tucano à presidência da Assembleia será anunciado na terça

Por Informe News em 04/12/2018 às 08:59:35

Depois de ser por duas vezes adiada, a definição do nome do PSDB à presidência da Assembleia Legislativa ser anunciada nesta terça-feira (4). Na semana passada, a ausência do deputado Paulo Corrêa, que disputa a vaga com Onevan de Matos, estendeu as tratativas entre os membros da bancada.

Apesar de quatro dos cinco nomes terem se lançado ao Comando da Mesa Diretora, a "tendência" é que o líder de Governo, Rinaldo Modesto opte por Corrêa, enquanto Felipe Orro segue em "conversas avançadas" com Onevan e Marçal Filho "segue em conversações" com ambos.

Consagrando-se como voto de minerva, o vereador de Dourados, que chega para seu primeiro mandato como deputado estadual, faz mistério sobre sua preferência. Enquanto isso, a sigla vive um impasse e Orro ariscou dizer que Corrêa não conseguiu votos necessários e por isso teria sido baixa.

"Não teve consenso ainda. A reunião pode ter sido cancelada porque não conseguiram votos entre eles", disse. "Quem não for ungido do Governo não vai ser presidente", disparou Orro.

O governador Reinaldo Azambuja vem dizendo - e deputados reafirmando - que a decisão caberá apenas aos parlamentares, descartando que deva interferir na escolha. Apesar disso, o presidente estadual, Beto Pereira, e o Tesoureiro da sigla e ex-chefe da extinta Casa Civil, Sergio de Paulo, participaram da última reunião.

Apesar de ter a maior bancada eleita, com cinco parlamentares, e outros 11 nomes da coligação na base governista, Reinaldo afirma que não há "uma regra" que garante ao PSDB o comando da Mesa Diretora da Casa de Leis

Partido nega divergência

Depois de superada a fase de escolha do tucano que concorrerá à presidência, a bancada iniciará o período de negociações com os outros partidos que compõem a Casa para evitar uma eleição. Rinaldo Modesto nega haver divergência entre os parlamentares. "Não está havendo divergência", se limitou a dizer o deputado.

"Acredito que haverá um bom senso dos demais partidos para deixar a presidência com o PSDB. Nós abrimos mão duas vezes da presidência, temos a maior bancada, temos que pleitear algo maior", disse Rinaldo.


Fonte: Mídia Max

Anuncie Aqui (728x90) Acima de Policia