C.M - Simposio Setembro Amarelo - ok

Mortes por gripe em MS chegam a 30 no ano e número já é segundo maior em 10 anos

Por Informe News em 27/09/2018 às 08:04:08

Desde que ocorre o levantamento dos casos de influenza em MS (2009), o total de óbitos registrado por conta da doença em 2018, até o momento, já é o segundo maior do período. Os dados são da SES (Secretaria de Estado de Saúde) divulgados em boletim epidemiológico desta quinta-feira (26). São 30 mortes causadas por Influenza no Estado. 

Se comparado com o boletim divulgado anteriormente no dia 12 de setembro pela SES, o número subiu, passou de 28 para 30. Desde o boletim divulgado no dia 22 de agosto não havia ocorrido aumento no número de óbitos. 

O total é o segundo maior em dez anos, atrás do registro de óbitos ocorrido em 2016, quando alcançou 103. 

Apesar de ficar bem menor nesta comparação, na comparação com o ano anterior (2017), o dado teve aumento significativo. No ano de 2017 foram registradas seis mortes por influenza. Diante disso com a comparação com o número atual (30), o aumento foi de 500%. 

Do total de óbitos pela doença, a maioria ocorreu em Campo Grande, com 17 ao todo. Dourados registrou um óbito por H1N1. 

Naviraí registrou duas mortes por influenza. Costa Rica também registrou dois casos.  Alcinópolis, Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Nioaque, Aquidauana, Sidrolândia, Coxim e Três Lagoas  registraram uma morte pela doença cada. 

O tipo de influenza que mais registrou óbitos neste ano foi o H3N2 Sazonal, com 11 casos, seguido pelo tipo H1N1 com 10. Quatro são por influenza B e cinco por influenza A não subtipado. 

Em todo o Mato Grosso do Sul, 145 casos da doença foram confirmados, sendo a maioria destes em Campo Grande com 79. Naviraí tem 12 confirmações. Chapadão do Sul possui seis. Dourados possui um caso confirmado. 

Fonte: Dourados News

Anuncie Aqui (728x90) Acima de Policia