C.M - Simposio Setembro Amarelo - ok

Doenças ligadas a falhas no saneamento básico atingiram 1/3 dos municípios de MS

Por Informe News em 20/09/2018 às 07:46:33

Foto: Marcello Casal Jr /Arquivo/Agência Brasil

Dados divulgados nesta quarta-feira (19/9) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que um terço dos municípios sul-mato-grossense foram atingidos por surtos de doenças ligadas ao saneamento básico no ano passado.

As informações estão na Pesquisa de Informações Básicas Municipais - Munic, dentro do tema "Aspectos gerais da gestão da política de saneamento básico". 

De acordo com o estudo, 26, das 79 cidades do Estado afirmaram ter conhecimento sobre a ocorrência de endemias ou epidemias de doenças ligadas ao saneamento básico.

A dengue foi a doença mais citada, abrangendo os 26 locais. Só no ano passado, conforme dados apresentados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), 6.201 casos da doença foram notificados. 

As outras são diarreia, ocorridas em 10 municípios, problemas ligados ao aparelho respiratório, em nove, Zika e Chikungunya, em sete, hepatite (4) e verminoses (03). 

Já em relação a doenças como malária, febre amarela, cólera e leptospirose, não foram registrados casos em Mato Grosso do Sul.

Mais dados

Ainda de acordo com a pesquisa divulgada pelo IBGE, no ano passado, apenas 30 municípios do Estado possuíam Plano Municipal de Saneamento Básico.

O número é quase oito vezes maior do que em 2011, por exemplo, onde apenas quatro afirmavam possuir esse plano.

Já em relação a política de saneamento básico, são 32 municípios, contra 24 há sete anos. 

Fonte: Dourados News: Por Adriano Moretto

Anuncie Aqui (728x90) Acima de Policia