Anuncie Aqui - TOPO

Campo Grande registra 4 mortes violentas no período de 8 horas

Acidente de trânsito, briga em apartamento, queda de viaduto e suspeita de agressão até a morte foram registrados hoje

Por Informe News em 07/08/2018 às 07:35:34

Campo Grande inicia a semana com o registro de quatro mortes violentas num intervalo de tempo de quatro horas. Foram dois assassinatos, a morte sob investigação de uma mulher que caiu de um pontilhão na BR-163 e ainda um acidente de trânsito fatal.

O primeiro caso foi por volta das 7h, quando a polícia foi acionada e encontrou a vítima em uma estrada vicinal, na região do Jardim Monumento. Um homem, entre 25 e 35 anos, foi encontrado morto atrás da Sotef Engenharia. A suspeita é de que ele tenha sido encontrado pelo menos  três horas depois do crime.

As marcas encontradas no corpo reforçam que houve agressão até a morte. A suspeita é de que a vítima seja um detento. A polícia investiga se houve queima de arquivo ou acerto de contas.

O segundo caso envolve José Rodrigo Chaves dos Santos, de 35 anos, encontrado morto em um apartamento localizado na rua Bahia, no bairro Monte Castelo. Ele foi assassinado com pelo menos dez facadas. Os ferimentos foram no peitoral e costas da vítima.

O corpo do homem foi encontrado pela manhã por um funcionário da padaria que fica embaixo do apartamento onde a vítima morava. Um jovem de 18 anos foi preso e confesso o assassinato do gerente de loja.

Ele contou a polícia que matou a vítima a facadas durante uma briga. O rapaz estava internado na Santa Casa desde domingo. Segundo a delegada Daniela Kades, o jovem contou que conheceu a vítima em uma tabacaria e foram para o apartamento, onde ocorreu a briga.

A Polícia Civil aguarda que seja expedido mandado de prisão. Como não houve flagrante, Lucas dos Santos Mesquita, o jovem preso, poderá ser solto se a prisão não for decretada hoje.

Sob investigação - No período da tarde, a polícia foi acionada para investigar a morte de Neusa Silva do Espírito Santo, de 46 anos. O corpo dela foi encontrado próximo ao pontilhão da BR-163, no Jardim Itamaracá, por um motorista.

A primeira hipótese é de suicídio, mas familiares da vítima relatam que ela havia recebido ameaças de morte de uma ex-namorada. Foram encontrados na ponte uma jaqueta, R$ 55 em dinheiro, um passe de ônibus e um isqueiro. A polícia informou que solicitará a CCR MSVia, concessionária responsável pela rodovia, imagens das câmeras instaladas para que possam ajudar a solucionar o caso.

Também na tarde desta segunda, um motociclista de 67 anos morreu depois de ser atingido por um Fiat Strada conduzido por um homem de 38 anos na Vila Progresso. Ari Domingos da Silva morreu na hora. Ele guiava a moto Honda CG 125cc pela rua Trindade quando foi atingido pela Strada, que estava na avenida Noroeste, guiada por Luiz Ayala, de 38 anos.

Testemunhas apontam que o motorista estava em alta velocidade e furou o sinal vermelho. Depois de atingir a moto, o carro foi parar dentro de um galpão. O motorista, com dores, foi encaminhado para à Santa Casa de Campo Grande.

Fonte: Campo Grande News

Anuncie Aqui (728x90) Acima de Policia