PMA realiza fiscalização fluvial e apreende vários petrechos ilegais

Por Informe News em 16/12/2021 às 21:04:05

Além do monitoramento e vigilância de cardumes, para evitar a pesca predatória na operação piracema, uma das maiores preocupações da PMA (Polícia Militar Ambiental), especialmente neste período proibido, é a retirada dos rios de petrechos de pesca proibidos que são armados por infratores, principalmente as redes de pesca, os espinheis, boias e anzóis de galho, devido ao alto poder de captura e depredação de cardumes, apesar da dificuldade de se prender os autores devido ao pouco tempo de exposição para armá-los nos rios e normalmente à noite.

Nesta quinta-feira, dia 16 de dezembro, Policiais Militares Ambientais de Miranda, que trabalham na operação piracema, realizaram fiscalização no rio Miranda, desde a madrugada em vigilância aos cardumes e, felizmente, não encontraram nenhum pescador no rio, indicando que há um respeito ao período de proibição, porém, foram encontrados e retirados do rio diversos petrechos ilegais de pesca. Duas cordas de espinheis, cada uma com 20 anzóis, e mais 27 anzóis de galho foram cortados e apreendidos.Os proprietários dos materiais ilegais não foram encontrados, porém, a PMA continuará em fiscalização preventiva, fundamental para evitar a depredação dos cardumes, especialmente, com uso desses tipos de petrechos ilegais que possuem alto poder de captura.

Fonte: Dourados News

Comunicar erro
DENGUE - TOPO

Comentários