Golpe no WhatsApp se disfarça de cupom de descontos do Burger King

Por Redacao em 02/01/2018 às 19:07:15

Um novo golpe que está circulando pelo WhatsApp atrai vítimas com a promessa de R$ 50 em descontos nas lojas do Burger King. O golpe utiliza a promessa de desconto para levar a vítima a fornecer seus dados e a propagar a mensagem entre seus amigos do aplicativo. No entanto, ele não dá desconto nenhum e usa os dados da vítima para inscrevê-la em serviços de mensagens pagos sem que ela perceba.

A pessoa geralmente recebe a mensagem com o link para o golpe de algum conhecido. Ao acessar olink, o usuário é levado a crêr que receberá um cupom de desconto nas lojas da rede cso responda algumas perguntas. As perguntas, porém, só servem para desviar sua atenção:

Reprodução

Em seguida, o site informa ao usuário que, para retirar o cupom, é necessário ainda enviar o link para outros 10 amigos ou 3 grupos do WhatsApp. É nesse momento que a vítima se torna propagadora do golpe:

Reprodução

Mesmo após essa etapa, o golpe ainda não acaba. Em seguida, como último passo, o usuário ainda é levado a confirmar alguns dados seus. Uma mensagem que diz que a oferta só é válida pelos próximos 225 segundos ajuda a dar sensação de urgência ao golpe. No entanto, ao fim do processo, o golpe informa que o usuário não conseguiu ganhar o cupom:

Reprodução

De acordo com a empresa de segurança digital ESET, que alertou sobre o golpe, esse tipo de ameaça envolvendo vouchers falsos tem se tornado cada vez mais comum. Outros golpes do tipo que a empresa já identificou incluem promessas de descontos em redes como McDonalds, Starbucks e Zara.

Para se proteger contra ameaças desse tipo, a empresa recomenda a usuários que não instalem aplicativos de locais não-oficiais, não compartilhem mensagens de origem suspeita ou duvidosa, não cliquem em links que utilizem linguagem estranha ou incomum, evitem ao máximo compartilhar informações pessoais com aplicativos (fazendo-o apenas se confiarem plenamente no app) e utilizem algum tipo de antivirus pou software de proteção em seus smartphones.

Fonte: Assessoria

Anuncie Aqui (728x90) Acima de Policia