SáBADO, 20 DE JANEIRO DE 2018 | |

Princesa Isabel, PB

Informe News no FacebookInforme News no TwitterInforme News no Google PlusFale conosco
Publicado em 28/12/2017 às 07:51:37

Governadores do Nordeste protestam contra 'ameaça' de Marun

624_naom_5a15c3fd83f0b.jpg

Governadores dos Estados do Nordeste brasileiro enviaram nesta quarta-feira (27) uma carta ao presidente da República, Michel Temer (PMDB), com críticas ao ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, que admitiu durante entrevista coletiva realizada na tarde de terça-feira (26) que a liberação de financiamentos junto a bancos públicos será condicionada à ajuda dos governadores para aprovar a reforma da Previdência.

Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto disse não ter informação sobre o recebimento da carta. 

No documento, os governadores afirmam que, caso a "ameaça se confirme", não hesitarão em promover a responsabilidade "política e jurídica" dos agentes públicos envolvidos.

Segundo apurou o G1, apenas os governadores de Sergipe e Rio Grande do Norte não assinaram a carta.

Eles também pedem que Temer "reoriente" seus ministros "a fim de coibir práticas inconstitucionais e criminosas". Na carta, dizem que "atos arbitrários para extrair alinhamentos políticos" são possíveis apenas em "ditaduras cruéis".

Leia a carta na íntegra:

Os governadores do Nordeste vêm manifestar profunda estranheza com declarações atribuídas ao Sr. Carlos Marun, ministro de articulação política. Segundo ele, a prática de atos jurídicos por parte da União seria condicionada a posições políticas dos governadores.

Protestamos publicamente contra essa declaração e contra essa possibilidade, e não hesitaremos em promover a responsabilidade política e jurídica dos agentes públicos envolvidos, caso a ameaça se confirme.

Vivemos em uma Federação, cláusula pétrea da Constituição, não se admitindo atos arbitrários para extrair alinhamentos políticos, algo possível somente na vigência de ditaduras cruéis. Esperamos que o presidente Michel Temer reoriente os seus auxiliares, a fim de coibir práticas inconstitucionais e criminosas.

Governadores do Nordeste

Assessoria

Deputado

Deixe seu comentário